quarta-feira, julho 5

recomeçar...

Vamos lá levar a mão ao bolso e ressuscitar as palavras.....
Vamos lá ter coragem de brincar com elas... juntá-las e recheá-las de memórias!!!
VAMOS!
RECOMEÇAR!!
Procura a tua história!
Abre a mão e conta
................................................................................

"Papá! Faz a mão mole!!!!!!!! Faz Papá!"

................................................................................
Era mais um jantar.
Tinhamos para aí 6 (tu) e 7 anos (eu)...
O menu eram uns sucolentos bifes com batatas e..."ovo estrelado"...
O"papá" descontraidamente colocou o cotovelo na mesa e, de mão aberta e caída para trás, desafiou-te a umas palmadas !!!!!
Era um gesto habitual que, ás vezes, ainda hoje faz aos netos!!!
Mas naquele dia os teus olhos brilharam mais! Não é que a mão que se oferecia a umas palmaditas, estava mesmo por cima do ovo????
E veio a tentação !!!!
"Papá! Faz a mão mole! Faz papá!!!"
E ...o papá obedeceu!!! Pronto, solicito. Distraido!!!
Seria????
Não!! Apenas aparentou! Porque, sabido da vida...topou!!! E...esperou...
quando tu tomaste "balanço" para o golpe final...ele.... rápido.......tirou a mão e.....ZÀZ......
TU de mão no ovo!!!!! e...lágrimas no olho e na alma!!!!
......MEMÒRIAS DE UM MENINO TRAQUINAS QUE HOJE È POETA!!!......

terça-feira, outubro 18

Era uma vez(2)

Era uma vez!!!...
Era uma vez um menino/homem
Era uma vez um menino de olhos negros/sonhadores
Um menino que criava sonhos,
Um menino poeta,
Um menino romântico!!!
Um menino que deixava um sorriso de ternura na boca dos"grandes",e um olhar enternecido quando o ouviam...
Certo dia,há muitos anos......quando esse menino ainda mal sabia ler.....passou-se uma cena deliciosa!!!!!


Esse menino andava apaixonado,muito apaixonado mesmo!!!!
E,como era,ou pretendia ser,um menino/homem,
pegou em si,
vestiu-se o melhor que soube,
e dirigiu-se a casa da menina com ar solene!!
E, de mãos atráz das costas como era seu hábito,pediu para falar com o pai da menina.

O homem /pai,intrigado, mas certo de que o assunto era importante,tal era o aprumo do menino/homem,levou-o para o escritório e aprontou-se a ouvi-lo.
E os olhos desse homem/pai abriram-se de surpresa e encanto e o seu coração abriu-se em coração de menino/renascido ao ouvir:
"Sr,Dr...eu gosto muito da .......e vinha pedir autorização para casar com ela!!!!"
De lágrima/sorriso o homem/pai/menino/renascido respondeu:
"Está bem, mas mais tarde voltamos a falar no assunto e se continuares a pensar do mesmo modo,tenho muito gosto!!!"
E o nosso menino/sonhador saiu daquela sala como um Homen/recencrescido!!

E são pequenas histórias como esta que todos nós trazemos no coração....

quinta-feira, outubro 13

"lágrimas"

Queria arrumar as lágrimas!!

Mas só aquelas com sabor a dor!!...

Que as outras....aquelas que ficam no canto do olho a temperar o sorriso.....
Essas queria salva-las!!
Recorda-las.......saborea-las!......senti-las!

Porque elas,são as janelas da felicidade,
são os laços do existir!!!

As outras,
não são laços!!!!São grilhetas de aço que transformam o sentir!!

domingo, outubro 2

letras com coração

Tenho um punhado de letras novas dentro do bolso do meu calção!!!
São bonitas,lisas,redondas e coloridas as minhas letras novas!!!
São letras de brincar
letras de juntar
letras de jogar,ganhar e trocar!!...
São letras/berlinde estas letras do bolso do calção.
São letras com arco-iris dentro delas!...como os berlindes que outrora tinha no mesmo bolso do calção!
São letras com imaginação!!
letras com coração!!
São tão bonitas as letras do bolso do meu calção!!!

Brisas

Brisas...
que embalam as velas do sentir
sobre as ondas de um mar sereno...

Brisas..
que acariciam as folhas verdes
de uma floresta
cheia de reflexos de esperança na humanidade....

Brisas...
que sopram saudades
e trazem aromas de maresia..
e assobios de gaivotas....

Brisas...
de vida....

Brisas...
que sussuram gritos de criança recem nascida..
e segredam sorrisos de mãe recem parida....

Brisa de esperança

domingo, setembro 25

roda de palavras soltas

Hoje as "minhas" letras "novas/agitadas" formaram PALAVRAS SOLTAS que, saltaram do bolso para fora e se puseram em roda a "palavrar":

SAUDADE…………AMAR
MAR…………LÁGRIMA
FAMILIA...SORRISO
FELICIDADE…MÃE

Faltam-lhes ainda umas outras palavras....as palavras de" ligar"

PALAVRAS DE POEMAR

quarta-feira, setembro 21

Era uma vez...

Era uma vez um menino.
Um menino verdadeiro, inteiro, cheio de brincares, cresceres e sonhares!!
Um menino que desenhava "pastorinhos" e "ovelhinhas" do tamanho de uma ervilha, e outras histórias de encantar!!...
Um menino do tempo em que eu era menina igual!!!

Certo dia, mais um dia de muitos brincares, uma pedra contrariadora, saltou-lhe da mão para um vidro em vez de acertar no alpendre da porta para onde lhe tinha dado destino ... e ... vidro... partiu-se!!!!!...
Sobressalto de menino.
Sobressalto de todos os outros, poucos, que com ele partilharam aquele instante.
?????E AGORA?????...
Aquele menino de mão incerta, teve uma certeza instantânea: "foi um cigano que fugiu e tinha cara de muito mentiroso!!!"
E todos os outros viram muito bem que havia sido o ciganito mentiroso!!!
"Ah sim ,tinha mesmo cara de mentiroso!!!"
SAUDADES DE INFÂNCIA!!!
Em que até os ciganitos "inventados" não se importavam nada de partir vidros por aquele menino que sabia sonhar!!!!

em como (re)nasceram as letras (in)permanentes

TEMPOS vão, em que o encanto do papel em branco e uma caneta de tinta permanente marcavam encontro comigo e com a escrita!!!

TEMPOS com TEMPO!!!
TEMPOS de crescer!!!    (os tempos são sempre de crescer!!!!)
TEMPOS  de sentir!!!      (os tempos são sempre de sentir!!!!!)

Sim, é certo! Mas nos TEMPOS com TEMPO existe a consciência do sentir e do crescer!! Dizia eu que, nesses TEMPOS (idos), diariamente escrevia a tinta "permanente" o meu sentir e crescer. Depois, a caneta ficou sem tinta/TEMPO e o hábito foi-se perdendo!!!.....Há dias...uma caneta/irmã abriu-me um blog como quem oferece um caderno novo e atirou-me umas letras inquietas para o bolso e....ficou á espera…Á espera que as letras gritassem tanto que ressuscitassem a "caneta" e com ela o sentir e …o crescer conscientes...E não é que as doidas das letras têm conseguido qualquer coisa????
Só lhes falta achar as palavras certas, apaladadas de cresceres/sentires!!!!

NESTE INSTANTE "PERMANECE "O RUÍDO!!!!    

terça-feira, setembro 20

letras de "saudosar"

E as letras agitadas, reuniram-se para me comunicar que, o lápis multicolor e as notas de música, eram ingredientes usados por umas outras letras irmãs e que elas (as minhas) precisavam de outros atavios!!! ...

Guardei o lápis e as notas de música ( de pauta de violino e saxofone) e juntei ao bolso a SAUDADE (que esta também é multicolor) e uns sons de chilrear e coachar!!! E...estou á espera do efeito!!!
Talvez desta as minhas letras gostem e se alinhem em palavras de sentir e "saudosar"!!!
Vamos ver!....    

segunda-feira, setembro 19

em como as letras "guincham" no bolso

Diseram-me: põe lá as letras, elas fazem o resto!!

Enchi o bolso com elas e o resultado foi uma gritaria imensa, um desassossego frenético!...tem sido tal o RUIDO que suspeito que, alguma vez as minhas letras tenham capacidade harmonica para construirem um texto que valha a pena!!!....

Vou deixá-las no bolso mais ums dias, vou guarda-las juntamente com um lápis multicolor e umas notas de música e talvez resulte.    

sexta-feira, setembro 16

teste

um dia vou tentar...